Notícias

10
Agosto

Fomento Mercantil – Quando usar?

Quando as contas apertam ou tem um novo investimento à vista, mas o seu caixa não permite avançar nos negócios, uma boa alternativa a buscar é o fomento mercantil, também chamado de factoring.

Quando as contas apertam ou tem um novo investimento à vista, mas o seu caixa não permite avançar nos negócios, uma boa alternativa a buscar é o fomento mercantil, também chamado de factoring.

Essa modalidade de transação comercial consiste na venda dos seus recebíveis para empresas que compram esse crédito e pagam à vista, permitindo que você antecipe seus ganhos e possa se utilizar deste dinheiro para realizar compras, investimentos ou pagar dívidas.

Para ficar mais claro, imagine que você venda um lote de produtos em dez vezes. Então você vende essas parcelas à vista para uma empresa de factoring, a qual receberá os créditos parcelados enquanto você já pode dispor do dinheiro quase total imediatamente. O “quase” total fica por conta do pequeno percentual que é passado para a factoring no momento da venda dos recebíveis.

Mas não é sempre que você pode ou deve usar o fomento mercantil, por isso, neste post, vamos de contar como fazer melhor proveito desta estratégia. Confira:

Novos investimentos
Nem sempre estamos preparados financeiramente para uma oportunidade que se apresenta, mas não é por isso que você deve perder a chance de ver o seu negócio crescer. Se você precisar realizar novos investimentos, mas não tem a verba necessária, pode dispor do fomento comercial para reunir o montante que precisa e assim melhorar o seu empreendimento para colher os frutos no médio e longo prazo.

Mas, antes de optar por essa modalidade, avalie a viabilidade do seu investimento e o retorno que ele tem a oferecer à sua empresa, para fazer uma escolha acertada. O fomento mercantil deve ser uma estratégia de negócios, não uma saída fácil sempre que você precisar de dinheiro.

Crise econômica
A crise chegou forte e chegou para todos. Quem não vinha se preparando e não tinha reservas de capital para momentos difíceis como este, pode estar passando por maus bocados. Se você se encontra nesta situação, o fomento mercantil pode ser uma boa alternativa para que você dê um fôlego aos negócios, conclua negociações, faça compras à vista para se livrar dos juros e dê maior liquidez ao seu fluxo de caixa.

O que é importante neste momento é encontrar maneiras de fazer com que seu negócio continue crescendo mesmo com as dificuldades econômicas que se apresentam.

Compras com fornecedores
Quando você necessita comprar uma grande quantidade de insumos, mas não quer arcar com os juros do parcelamento junto aos fornecedores, pode se valer do serviço das factorings para antecipar seus recebíveis e assim, ter maior poder de negociação nas compras, chegando a valores mais competitivos.

Lembre-se de considerar a diferença entre o valor total que você iria receber e o valor que efetivamente recebeu com a venda de seus créditos para compor seu preço de venda e assim recuperar integralmente seu capital.

Pagamento de empréstimos
As taxas de juros do mercado estão realmente altas e podem corroer seu capital de giro sem que você perceba. Sendo assim, evite tomar empréstimos em bancos, financeiras e outras instituições que praticam juros abusivos. Ao invés disso, procure uma empresa de factoring e avalie a venda de seus recebíveis.

Além de não ter que se preocupar com uma dívida de longo prazo, você estará livre dos juros, mantendo o controle financeiro da sua empresa para gerar crescimento, não dívidas.

Você já usou fomento mercantil em alguma destas situações? Acredita que foi a melhor forma de resolver sua dificuldade financeira? Conte-nos sua experiência!

http://www.sindisfac.com.br/fomento-mercantil-quando-usar/

[-] Voltar

Receba as Novidades

Cadastre seu e-mail e receba todas as notícias sobre Fomento Mercantil.

Confira as Últimas
Notícias

Ver todas [+]
  • 13
    Dezembro

    Entre as várias novidades que deverão entrar em vigor...

    Ler notícia [+]
  • 13
    Dezembro

    Atualmente, cheques abaixo de R$ 300 tem compensação em...

    Ler notícia [+]
  • 04
    Outubro

    Pedidos de falência caem 15,6% em setembro, diz Boa Vista...

    Ler notícia [+]